segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Síndrome do Pânico


Os sintomas físicos de uma crise de pânico aparecem subitamente, sem nenhuma causa aparente (apesar de existir, mas fica difícil de se perceber).

Os sintomas são como uma preparação do corpo para alguma "coisa terrível". A reação natural é acionar os mecanismos de fuga. Diante do perigo, o organismo trata de aumentar a irrigação de sangue no cérebro e nos membros usados para fugir; em detrimento de outras partes do corpo, incluindo os órgãos sexuais.

Alguns sintomas são:

Contração / tensão muscular, rijeza

Palpitações (o coração dispara)

Tontura, atordoamento, náusea

Dificuldade de respirar (boca seca)

Calafrios ou ondas de calor, sudorese

Sensação de "estar sonhando" 
ou distorções de percepção da realidade

Sensação de que algo inimaginavelmente 
horrível está preste a acontecer 

Confusão, pensamento rápido

Medo de perder o controle, fazer algo embaraçoso

Vertigens ou sensação de debilidade

Medo de morrer


O quadro evolutivo da Síndrome do Pânico, quando não controlada, pode chegar a outros tipos de problemas e indiretamente relacionados, como o alcoolismo e a depressão crônica.

Quem sofre do mal poderá se sentir melhor com a ajuda de um ombro amigo.

Pessoas de confiança ao redor são de suma importância para que a pessoa perceba que não está sozinha.

Antes de tudo, ajude a pessoa a procurar ajuda Médica (é primordial) e Psicológica. 




Tratamento Psicoterapêutico

A Psicanálise com a junção da Terapia Holística foca na origem da síndrome, e menos nos sintomas. Entender a origem da crise de ansiedade é o principal objetivo dessa Terapia, que também auxilia a pessoa a encarar os medos decorrentes das crises.




Técnicas de Meditação

Com uma respiração trabalhada, e exercícios de Meditação praticados no dia a dia, é possível conduzir a rotina de volta à normalidade, sem cobranças extras e sobrecargas emocionais, físicas e psicológicas.





Chá de Melissa

É excelente para quem é nervoso 
e sofre com crises de ansiedade. 

Para fazer, 
basta ferver uma xícara de água 
e adicionar uma colher de sopa 
das folhas da melissa picadas. 
Tampe a xícara e deixe descansar por dez minutos, 
assim, o chá ficará mais incorporado. 
Coe, adicione uma colher de chá de mel, se quiser, 
e beba logo em seguida. 

Recomendo tomar o chá 3 vezes ao dia 
para melhores resultados.




Chá de Alecrim

É calmante, eficiente no combate à Ansiedade. 

Para preparar o chá, 
coloque uma colher de sopa  das folhas do Alecrim 
em uma xícara de água fervente. 
Tampe e deixe descansar por 10 minutos antes de coar. 

Recomendo tomar o chá 2 vezes ao dia. 
Quem preferir, 
pode acrescentar um pouco de mel 
para deixar a infusão mais adocicada.

Amor, Luz e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

saude,psicanalise,psicanalistas,terapeutas,psicoterapia,qualidade de vida,bem-estar,reflexologia,sexualidade,shiatsu,
terapia holistica,ansiedade,depresao,acupuntura,terapias
naturais,saude holistica,naturologa,medicina alternativa,florais,medicina natural,massagem terapeutica