domingo, 22 de outubro de 2017

Reflexão * O Pote Rachado



"A natureza humana é que todos essencialmente querem amar e ser amados. Se nós demostramos afeto, as pessoas se abrem e podemos desarmá-las de seus preconceitos contra nós." 
Radhanath Swami

Um carregador de água na China levava dois potes grandes, ambos pendurados em cada ponta de uma vara que ele usava para buscar água. Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água. A caminhada do riacho até a sua casa era longa e o pote rachado chegava apenas pela metade. Por dois anos inteiros isto aconteceu diariamente, com o carregador trazendo apenas um pote e meio de água para sua casa.

O pote perfeito era orgulhoso de suas realizações, perfeito para a sua função, mas o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição. Após dois anos do que ele percebia ser uma falha amarga, ele falou para o carregador de água, um dia, próximo ao riacho: "Estou envergonhado de mim mesmo, e quero pedir-lhe desculpas. Eu tenho sido capaz de entregar apenas a metade da minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze para fora. Por causa do meu defeito, mesmo que você trabalhe pesado, você não ganha o valor total dos seus esforços, "disse o pote.

O carregador disse ao pote: você notou que só haviam flores no seu lado do caminho, mas não no lado do outro pote? Porque eu sabia do seu defeito, eu plantei sementes de flores no seu lado do caminho e, a cada dia, enquanto voltávamos, você as regava. Por dois anos eu pude colher flores para ornamentar a mesa. Sem você ser do jeito que você é, não haveria esta beleza para dar graça à casa!

Cada um de nós tem nossos próprios e únicos defeitos. Todos nós somos potes rachados, mas a chave é verificar se a nossa atitude é como a do carregador de água ou como a do pote orgulhoso. Se notarmos apenas rachaduras nos outros e deixarmos de reconhecer suas habilidades únicas, não só iremos fazer a outra pessoa se sentir miserável, mas também faremos nossas próprias vidas miseráveis. Mas, apesar de nossas diferenças, quando aprendemos a apreciar o outro, os relacionamentos se desenvolvem em um nível mais profundo e a vida em conjunto se torna mais bonita. Quando aprendemos a procurar somente coisas boas nos outros e apreciá-los, nós os capacitamos a fazer coisas boas e a procurar coisas boas em nós e nas outras pessoas também.

Radhanath Swami acredita que apreciar verdadeiramente o outro, olhando além de sua falha, é uma qualidade divina. Isto significa olhar além de nossas próprias tendências egoístas e procurar por pureza na outra pessoa e assim, inadvertidamente, purificamos a nós mesmos.

Tradução: Vaisnava Krpa devi dasi (HDG)

(fonte: sacredbonding.com)

Namastê / Namaskar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços

Elo7Em Construção