quarta-feira, 28 de junho de 2017

Ritual dos Incensos


A fumaça aromática exalada por essas varetas deixando o ar perfumado e conferindo leveza e conforto aos ambientes, o que costuma estar associado ao descarrego de energias, como se espantasse as más energias para dar lugar às boas energias. Quando utilizados de maneira correta, os incensos criam uma atmosfera no ambiente, de energia, equilíbrio e harmonia, que ajudam o ser humano a sintonizar mais facilmente com os planos superiores.

Os antigos, extremamente cautelosos e minuciosos em relação ao preparo de seus rituais, e, é claro, do ambiente em que realizavam estes rituais, escolhiam os incensos mais apropriados para aquilo que desejavam e esperavam alcançar.

O seu uso se propagou pelo tempo, tornando-se um importante instrumento universal de meditação, purificação, proteção, não sendo errado acreditar em algumas afirmações encontradas em livros, sites e crendices.

O incenso está relacionado ao elemento ar e representam a percepção da consciência que, no ar, está presente em toda parte. Ele associa o homem à divindade, o finito ao infinito. Alguns, ainda, afirmam que os incensos possuem a incumbência de levar a prece para o céu.

Para manipular corretamente o incenso, 
devemos tomar certos cuidados tais como:
a) Acender o incenso sempre com uma intenção clara, 
podendo ser um puro agradecimento, prece, 
meditação ou o que mais tiver em mente;
b) Nunca devemos apagar o incenso com sopros;
c) Tentar sempre escolher a fragrância 
ou mistura conciliando com o que buscamos.

Antes de acender um incenso, 
deve concentrar-se 
e meditar sobre o que pretende obter como graça. 
Todo este ritual deve ser feito num ambiente de respeito e fé.


Dica:

Para o amor: 

Almíscar, Jasmim, Rosa, Lótus, Sândalo, canela e Cravo.
Desenvolvimento espiritual: Mirra, Rosa e Violeta.

Sistema nervoso: 
Alecrim, Alfazema e Jasmim.

Terapia de limpeza: 
Arruda, Cânfora, Alecrim e Eucalipto

Desenvolvimento intelectual: 
Alfazema, Lótus, Jasmim e Rosa.

Restaurador de energias: 
Canela, Eucalipto e Cravo.

NOTA: acenda o incenso sempre com fósforos. Nunca apague o fósforos com um sopro, deixe queimar.

Amor, Luz e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços