terça-feira, 9 de setembro de 2014

Teoria da Psicanálise


Ao conjunto formado pela teoria,a prática psicoterapêutica nela baseada e os métodos utilizados dá-se o nome de Psicanálise.

Freud imaginava a psique (ou aparelho psíquico) do ser humano como um sistema de energia:Cada pessoa é movida,segundo ele,por uma quantidade limitada de energia psíquica.

Isso significa,por um lado,que se grande parte da energia for necessária para a realização de determinado objetivo (ex.expressão artística) ela não estará disponível para outros objetivos (ex. sexualidade);por outro lado,se a pessoa não puder dar vazão à sua energia por um canal (ex. sexualidade),terá de fazê-lo por outro (ex.expressão artística).

Essa energia provém das pulsões (às vezes chamadas incorretamente de instintos).
Segundo o autor,o ser humano possui duas pulsões inatas,a sexual e a de morte.

Essas duas pulsões opõem-se ao ideal da sociedade,e por isso,precisam ser controladas através da educação,de forma que a energia gerada pelas pulsões não podem ser liberadas de maneira direta.

O ser humano é,assim,sexual e agressivo por natureza e a função da sociedade é amansar essas tendências naturais do homem.

A situação de não poder dar vazão a essa energia,gera no indivíduo um estado de tensão interna que necessita ser resolvido.

Toda ação do homem é motivada,assim,pela busca hedonista de dar vazão à energia psíquica acumulada.

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços