sábado, 21 de fevereiro de 2015

Pessoas Tóxicas-Cuidado!



Muitos dos problemas de autoestima que afetam milhares de jovens e adultos nada têm a ver com doenças de carater emocional ou psicológico,(embora possam vir a se tornar um problema desse gênero),mas a sua genese está nas pessoas tóxicas que permitem que interfiram e permaneçam na sua vida.Estas pessoas têm a capacidade de despertar o pior que há em nós e até de nos fazer acreditar que somos frágeis,instáveis,incapazes de tomar decisões sem o seu parecer,incapazes de nos relacionar com o próximo e de sermos independentes.

Por norma,as pessoas tóxicas procuram controlar os outros através do abuso emocional.Levam os que lhes são próximos- através das críticas constantes- a crer que algo terrível lhes acontecerá se algum dia se desprenderem deles.Incapazes de fazer um elogio,dão ares de conhecer grandes segredos a respeito das outras pessoas,de saber coisas que mais ninguém sabe,tudo para os certificar que a terra para de girar se eles assim o desejarem.

Muitas pessoas adultas e talentosas vêm os seus casamentos fracassarem por causa de pais tóxicos.Muitos jovens já cometeram suicídio por causa de pais,irmãos,amizades e relacionamentos amorosos altamente tóxicos.

Conhece alguém que o tira do sério?Logo você que é bem visto no seu emprego, que é um bom cidadão,que é querido pelos amigos, alguém a quem atribuem qualidades pessoais e profissionais com alguma facilidade,mas que quando a pessoa tóxica chega perto,não só o leva a desencadear um ataque de fúria como ainda consegue sair da situação como vítima?
Conhece alguém que não poupa de o envergonhar em público,de expor a sua intimidade,os seus segredos,as suas dificuldades,as suas trapalhadas de infância,nos momentos mais inapropriados só com a intenção de o envergonhar?E o pior é que as coisas são feitas de tal maneira que se você tentar refutar os argumentos da pessoa,seja com um sorriso forçado,seja com indignação evidente, acaba sempre por ficar mal visto.

Só há uma saída,por vezes dolorosa,sobretudo se estamos falando dos nossos próprios pais, irmãos,tios,parceiro sentimental,etc.Só há uma saída:afaste-se.Se o laço familiar não permitir um corte 100%,fale e conviva apenas o necessário e não fique com remorsos,porque,repare:se insistir num relacionamento tóxico,a loucura do outro vai acabar por enlouquecê-lo. 

Mais vale estar só e saudável do que doente ao lado de alguém.Não precisamos de mais mentes distorcidas na sociedade, nem de gente viciada em dramas.Precisamos é de sanidade mental e de pessoas capazes de conviver com o sucesso alheio,desprendidas de inveja,de competição e de outros sentimentos destrutivos.

[Texto adaptado da Web]
(fonte;http://avidanoespelho.blogspot.com.br)


Pense a respeito e ação,
Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços