quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Reflexão


Muitos são aqueles que dizem "sim" quando gostariam de dizer "não":
sentem forte desconforto diante da hipótese de contrariar o interlocutor.
A dificuldade de agir de acordo com a própria vontade e interesse,abrindo mão de algo que é seu legítimo direito,é tudo menos uma virtude.
Alguns abrem mão de seus direitos e cedem à vontade alheia por pena:
a tristeza que deriva de imaginarem a dor que o interlocutor irá sentir.
Na pena existe um componente de solidariedade.
Porém,isso nem sempre justifica o desvio de um benefício para o que está em pior situação.
Quem sente pena com facilidade parte do princípio de que é mais forte e que suportará a dor de uma dada renúncia mais facilmente que o outro.
Os que sentem pena muito facilmente costumam se achar superiores,mais fortes e mais dotados que os outros: isso tem a ver com a vaidade.

Por Flávio Gikovate

Saudações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços