segunda-feira, 2 de março de 2015

Reflexão


Às vezes nos perguntamos o que somos para aquele que convive conosco.
Queremos ser importantes,especiais,queridos,desejados.
Isso é natural,faz bem ao ego e alimenta todo tipo de relação.
Mas o mais importante não é perguntar o que somos para o outro,mas o que somos para nós mesmos. Temos,antes de tudo,de ser importantes e especiais para nós,queridos e desejados,em primeiro lugar,por nós mesmos.
Somente aquele que se admira e se respeita está em condições de despertar os mesmos sentimentos no outro.
Isso não é vaidade nem arrogância.
É autovalor e amor próprio.
Todos devemos experimentar.
Faz bem.
Mônica de Castro

(fonte:www.facebook.com/pages/A-Voz-do-Silêncio)

Amor,Luz e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços