sábado, 13 de junho de 2015

5 maneiras para combater a ansiedade



Estar numa situação de ansiedade é quase insuportável.O coração começa a bater muito depressa,as mãos começam a suar,deixamos de conseguir nos concentrar.E a única coisa em que pensamos é na melhor maneira de saírmos daquela situação.

Melanie Greenberg,psicóloga com mais de 15 anos de experiência,deu várias técnicas aos seus pacientes para os ajudar a lidar com ataques de pânico e de ansiedade.
Aqui ficam alguns conselhos:

1. Está mesmo “sob ameaça”?
Quando estamos num estado de ansiedade,temos a sensação que estamos sob perigo eminente.Porém,na maioria dos casos,o pior cenário que imaginamos na nossa cabeça nunca chega a acontecer.Comece a tomar nota dos seus receios e daqueles que efetivamente se concretizaram.Vai ver que a maioria nunca aconteceu.

2. Não, não é uma catástrofe…
Mesmo que algo de mau aconteça,acredite em si e na sua capacidade para lidar com os problemas.E mesmo que se sinta totalmente perdido,peça ajuda a outras pessoas que estão à sua volta.Lembre-se que são poucas as coisas na vida que não têm solução.

3. Respire
Pode achar que não faz efeito,mas experimente respirar fundo e relaxar os músculos.Comece a praticar quando não se sente em pânico e vai ver que,em situações de crise,vai começar este exercício automaticamente.

4. Aceite os seus receios
Aceite os seus receios e pensamentos negativos como algo que faz parte da sua vida.Não procure reprimir esses pensamentos ou controlá-los.Opte antes por se concentrar naquilo que tem para fazer no dia-a-dia,para tentar viver uma vida sem medos.

5. Enfrente os seus medos
Se está numa situação em que se sente em pânico,faça os possíveis para enfrentar os seus medos.Claro que é mais fácil falar,ou pensar,do que efetivamente fazê-lo.O medo faz-nos evitar ou fugir de determinadas situações,portanto raramente nos apercebemos se aquilo que receamos é verdadeiro.

Fonte: http://portaldobudismo.org/

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços