segunda-feira, 20 de julho de 2015

Faxina mental


Agora é um bom momento para fazer uma nova faxina mental e varrer as frustrações.
Elas podem gerar mágoa,raiva,ressentimento e,em alguns casos,revolta,ira e vontade de se vingar.
Esse conjunto vai determinar baixa autoestima,fraqueza,e os medos aparecem.
Tanta gente vive se frustrando,ora nos relacionamentos,ora no emprego…
O prejuízo emocional causado pela frustração é grande,basta refletir na sequência acima.
Você pode ficar confuso - Ah,por que a minha vida está assim? 
Percebe a frustração,sabe o impacto psicológico que cada frustração causa… 
Sabe o que pode desenrolar frustrações seguidas? 
Elas vieram,vêm e virão de qualquer forma,por ser a tônica da vida,não tem como viver sem se deparar com a frustração dos nossos desejos,uma vez ou outra. 
Mas,sempre? 
Tem,sim,como mudar diante delas. 
Primeiro,elas não serão mais surpresas para você. 
Segundo,quando vier uma frustração,administre como coisa corriqueira de nossa rotina. 
Terceiro,não dê tanto valor,não fique tão melindrado,como se fosse o fim do mundo. 
Não é o fim do mundo,se você olhar a frustração e disser - Eu te libero,vai,Deus te abençoe - ou,também pode dizer - vai se catar,porque aqui na minha cabeça não vai ficar. 
Melhor varrer,porque a gente não quer nem falar sobre as enfermidades que elas geram também no corpo físico. 
Abençoar ou mandar se catar,escolha a sua vassoura. 
Limpando é o que vale. 
Aliás,não é produtivo,nem rico ou inteligente guardar frustrações. 
Jogue sua coleção fora. 
Hoje é dia. Vida nova.

Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon

(fonte:www.facebook.com/padraohumi)

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços