domingo, 27 de setembro de 2015

Introspecção Reflexiva


Eu estou em um ponto de minha vida onde não preciso impressionar a ninguém.

Eu sou o que sou,não ligo para o que os outros pensam de mim.

Eu não preciso de disfarces,não preciso enganar ou fingir.

Porque posso ser quem eu realmente sou.

Não tenho necessidade de rir e fazer as pessoas acreditarem que nunca choro.

Eu não preciso ser sempre forte,nem sempre agradável.

Eu não preciso ser igual a ninguém,e,especialmente,me aceito como sou.

Com minhas virtudes,mas também com meus defeitos.

Porque não posso ser perfeito,mas sou sempre eu.

Aceito e amo quem eu sou e o que posso ser.

(Anônimo)

Amor,Luz e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços