quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Reflexão


Que a gente aprenda a escolher o ponto de vista de quem é feliz,
aumentando o que deve ficar e diminuindo o que deve partir. 
Que seja possível encontrar o ponto certo entre a realidade e nossos medos,
sem agigantar nossas miudezas nem diminuir nossas riquezas. 
Que a gente descubra que pra cada acontecimento existem outras alternativas,
e que a gente não sofra por imaginar que tudo na vida são turbulências. 
Que permaneça o que nos faz bem,
e que aprendamos a reconhecer o que é essencial...
Fabíola Simões

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços