segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Reflexão


E no silêncio da madrugada eu oro por ti.
Com a testa na parede fria,me vejo decretando:
Que a tua mente conheça a paz e a vitória sobre todos os desejos e sonhos.
Que o teu corpo se recupere e prolongue a saúde,a cura e o vigor.
Que o teu sono seja reparador.
Que sejas organizado mentalmente e nas coisas práticas.
Que o teu coração conheça um profundo,muito profundo Amor.
Que a tua fé seja respeitada,pois sei o quanto prezas a tua crença.
Então,que todas as tuas crenças sejam coerentes com o amor,a bondade e a compaixão,de modo que nunca critiques ou desprezes o irmão por conta da crença dele ou do seu livre direito ao ateísmo. 
Eu oro por ti,porque te amo. 
E peço fervorosamente que não te abatas por picuinhas,falatórios e perseguições. 
Oro a fim de que possas lançar fora as limitações e respeitar os limites da boa convivência. 
Que tenhas inteligência para lidar com os desafios e possas conseguir o conforto relativo as tuas necessidades. 
Oro por ti,porque eu te amo,onde quer que estejas. 
Que o Divino Amor perfume a tua vida e te defenda de todos os males. 
Está consumado,com Deus,amém.

Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços