sábado, 27 de fevereiro de 2016

Crenças Limitantes e Crenças Possibilitadoras


COM QUAIS DELAS VOCÊ PREFERE VIVER?

"Não tenho mais idade pra isso." "Sou muito novo(a) pra isso." "O mundo é injusto." "Meu tempo acabou." "Homem/Mulher não presta." "Os outros são melhores do que eu." "Não sou bom/boa o suficiente pra isso." "Quem sou eu pra querer isso?" "Isso não é pra mim." "Não vou conseguir nunca." "Não vale a pena tentar."

A maioria destes pensamentos aí de cima são,na verdade,algumas crenças que acabamos criando a nosso respeito e a respeito da vida,muitas vezes baseadas em julgamentos precipitados/parciais,e que acabam limitando o que fazemos,limitando as nossas ações,limitando a nossa iniciativa,limitando o nosso aprendizado,limitando as nossas possibilidades.

E o que acontece,é que muitas vezes nem nos damos conta disso.Acabamos simplesmente repetindo e vivendo em função de uma crença limitante durante muito tempo,como se ela fosse verdade,sem nos darmos conta de que temos potencial e condições para muito mais,ou que,simplesmente,o mundo não funciona apenas daquela maneira que a nossa crença diz que ele funciona.

Você já reparou que muitas pessoas acreditam em coisas diferentes e conseguem resultados diferentes por causa disso?
Experimente se fazer as perguntas abaixo e procure perceber de que forma suas crenças estão ajudando ou limitando você.

• No que acreditar,no que eu acredito hoje está AJUDANDO minha vida? [Seja específico(a)]
• Existe alguma crença hoje que esteja LIMITANDO minha vida?Qual?
• Essa crença é a única possível ou existiriam outras crenças (formas de ver) possíveis?Quais seriam?
• O que eu faria de diferente se acreditasse em outra coisa?
• No que eu precisaria acreditar para fazer mais aquilo que eu realmente quero fazer?
• Como eu ajo quando minhas crenças sobre a vida são possibilitadoras?(Que tipo de pessoa eu sou quando isso acontece?)

Boas descobertas para você.

Por Maurício Gaetani

(fonte:www.facebook.com/mauriciogaetanicoach)

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços