terça-feira, 3 de julho de 2018

Transcendência e Liberdade


TEMPO DE TRANSCENDÊNCIA E LIBERDADE...

É SÓ se comunicando, realizando essa transcendência concreta na comunicação, que o ser humano constrói a si mesmo. É só saindo de si, que fica em casa. É só dando de si, que recebe. Ele é um ser em potencialidade permanente. Então, o ser humano é um ser de abertura, um ser potencial, um ser utópico. Sonha para além daquilo que é dado e feito. E sempre acrescenta algo ao real.

O ser humano vê o real transfigurado. Essa capacidade é o que nós chamamos de transcendência, isto é, transcende, rompe, vai para além daquilo que é dado. 



Numa palavra, eu diria que o ser humano é um projeto infinito. Um projeto que não encontra neste mundo o quadro para sua realização. 

Por isso é um errante, em busca de novos mundos e novas paisagens. 

A conclusão que tiramos desse fato é que não devemos nos deixar enquadrar por ninguém, por papa nenhum, por governo nenhum, por ideologia nenhuma, por revelação nenhuma. Por nada no mundo, porque tudo é menor. 

O ser humano é um projeto ilimitado, transcendente, não dá para ser enquadrado. Ele pode, amorosamente, acolher o outro dentro de si. Pode servi-lo, ultrapassando limites. 

Mas é só na sua liberdade que ele o faz, é só quando se decide a isso, sem nenhuma imposição. 

Não há nada que possa enquadrá-lo, nenhuma fórmula científica, nenhum modo de produção, nenhum sistema de convivialidade.  

Não nos deixemos mediocrizar, mantenhamos nossa grandeza, nossa capacidade de voo, nossa capacidade de transcendência.

Por Leonardo Boff, ‘Tempo de Transcendência – O ser humano como um projeto infinito’


Abraços Fraternais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços