quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Reflexão! Orgulho e Egoísmo


por Fernanda Tomaz - fernandatomaz@psicoterapeutas.com.br

É um fato sabido que as duas maiores chagas da humanidade são o orgulho e o egoismo.São os grandes obstáculos,os maiores desafios que cada um de nós tem que enfrentar,se é que realmente queremos nos despojar de tanta imperfeição.

Sabemos que não estamos neste planeta por acaso.É o lugar que nos cabe no nosso atual estágio evolutivo.Nós nos merecemos mutuamente,a terra e nós!Mas,estamos bem!Somos felizes!Não nos entristecem as guerras,o ódio irracional,a inveja,a violência generalizada,a miséria,o orgulho desvairado e o egoísmo arraigado!Enche-se de lágrimas nossos olhos e batem mais forte os nossos corações,quando vemos imagens de dor e desespero com que a tv nos brinda,constantemente,no nosso dia a dia!Não nos sentimos um pouquinho envergonhados da nossa mesa farta e dos lençóis macios,quando sabemos que existem milhares,talvez milhões,de crianças e velhos que estão sós,tendo por leito o chão duro,por teto as estrelas,por lençol o frio cortante e,por alimento,o que conseguem de raras mãos caridosas e de latas de lixo!

Se sentimos uma pontinha de vergonha,se choramos e nos enternecemos com tanta dor,é um sintoma de que progredimos alguma coisa.Mas,se a despeito da vergonha e da emoção,não fazemos o que nos é possível,dentro de nossas limitações,para ajudar aos menos favorecidos,então,só nos restará nos escondermos,pois a vergonha será tanta que não teremos coragem de olhar nem para nós mesmos.

Será que estamos tão doentes!As terríveis chagas já nos dominaram tanto,que estamos cegos e surdos as lamentações que envolvem nosso planeta!Será que nossos olhos estão cerrados a dor alheia e abertos,bem abertos,para que contemplamos extasiados a mulher do próximo ou a queda dos nossos inimigos!

Será que nossos ouvidos estão vedados ao pranto de uma mãe que não tem como alimentar seu filho!Mas estão abertos,bem abertos,para ouvir elogios a nossa fortuna,nosso carro ou a nossa casa bem construída!

Será esta a atitude que "Deus" ,nosso "Pai",espera de nós!Não,este não seria o nosso "Deus".O nosso quer que cresçamos por nós mesmos,por nosso mérito,e isso só conseguiremos quando,vendo,,ouvindo e,principalmente agindo,descermos de um pseudo pedestal de superioridade,onde nos colocamos,e nos juntamos aos nossos irmãos de luta.

Mas,afinal,em que somos superiores!Dinheiro!Posição social!É,talvez sejamos,"Hoje"!Mas,e ontem,o que fomos!E amanhã,o que seremos!

É meus irmãos.Se hoje somos ricos de bens materiais,com certeza,somos também milionários de orgulho e de egoísmo e tremendamente pobres de humildade,amor e caridade.

Aliás,somos tão pobres de amor que,após 2 mil anos,ainda não conseguimos fazer o que o Mestre Jesus nos ensinou:"Amar aos nossos inimigos"!Ora,não aprendemos amar nem nossos amigos...

Entretanto,quero fazer uma resalva.Existe o orgulho justificado,onde a real sastifação não está em superar nunguém,mas a si mesmo.De derrotar as própias inclinações viciadas,os desvios morais que nos enegrecem o perispírito.Isto,sim,é motivo de orgulho,de alegria pela vitória alcançada.

E,se vencermos,não precisamos propagar aos quatro cantos do mundo.Não precisamos de arautos para tornar nossas vitórias conhecidas.Não raras vezes,o silêncio majestoso do exemplo soa mais alto que o barulho ensurdecedor de uma imposição,flagrantemente forçada.

Porque será que complicamos tanto a nossa evolução!Somos tão superiores que podemos caluniar,em vez de consolar!De ouvir os aplausos que massageiam nosso ego,em vez de ouvir a voz da consciência!De agredir e não amparar!De tirar e não repartir!

Aonde nos levará este orgulho louco e vão!Por quantas reencarnações aindao teremos por companheiro!Quando o sufocaremos de amor!

E o egoísmo doentio e perveso!Quando vamos aniquilá-lo com a caridade!

As armas estão ao nosso alcance:combatamos o orgulho com a humildade e o egoísmo com a caridade!Juntos,liderados pelo amor,estaremos livres de tão indesejáveis companhias.

De que nos adianta a biblioteca repleta de livros espíritas,cérebro brilhante,voz suave e palavras doces,se temos o coração opaco e amargo!

Por fim,concito todos nós a nos lembrarmos de que a terra será melhor quando nos conscientizarmos de que uma grande felicidade nasce das pequenas renúncias de cada um. Assim seja!!!

(extraido do livro*Lágrimas De Um Louco *Agnaldo Cardoso)

Luz,Amor e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços