sábado, 22 de março de 2014

Lidando com conflitos

(Manda Patel)

Vivemos em um mundo onde o conflito agora é a norma.Por que isso?
Acho que perdemos nossa força interior e a habilidade de exercitar o que entendemos como sendo correto e verdadeiro.Sabemos que lutar não nos leva a nenhum lugar e brigar não nos traz o que queremos – isto apenas traz muita energia negativa - mas simplesmente não conseguimos evitar.O que precisamos fazer é desenvolver nossa própria força interior,reconhecer nosso próprio valor,reconhecer o valor das outras pessoas e aceitar e compreender a diversidade em nosso mundo.

Existe uma conexão entre conflito interno e conflito com outros?
Tudo começa com nós mesmos.Se estou lutando com outras pessoas,estou batalhando com algo dentro de mim.Talvez eu não seja capaz de colocar na prática algo que acredito ou estou tendo que comprometer meus valores.Esta batalha me faz perder meu valor e força interna.Quando estou infeliz comigo mesmo,isto emerge em minha interação com outros.Quando um grupo de pessoas está infeliz,isto emerge em uma escala maior.Quanto mais compreensivos e pacíficos nos tornamos,mais aceitação e amor há em nós,e então refletimos isso em nossos relacionamentos.

Permanecer silencioso e se retrair em uma situação de conflito pode parecer como uma fraqueza. Será que a espiritualidade pode ser uma força?
Nós não podemos ganhar força interna sem a espiritualidade.Por espiritualidade quero dizer reconhecer que eu sou mais que apenas a aparência física.Minha força está em minha percepção de mim mesmo como um ser espiritual – um ser vivo e pensante,a essência de paz, amor e felicidade.Quanto mais experimento isso, mais experimento força internamente.Ficar em silêncio não significa fugir;significa avaliar meus pensamentos e sentimentos antes de expressá-los.

E se você sabe que está certo?Como alcançar aquilo que você quer enquanto mantendo sua percepção espiritual?
A coisa principal é a paciência.Isto é algo que eu realmente tive que trabalhar.Eu posso estar certo,mas tenho que esperar por aquele momento quando todos os demais concordem.Dessa forma,eu também deixo que as pessoas aprendam suas próprias lições.Talvez a partir de minha posição seja possível rapidamente ver como as coisas acontecerão,mas os outros também têm que chegar àquela posição para poderem ver. Tenho que aprender a aceitar que aquilo que é certo por fim se tornará aparente e então exercitar minha própria paciência. 

Nós podemos reconhecer a necessidade de mudar,mas como fazemos isto?
Nós comemos para sobreviver,mas se queremos sobreviver mentalmente em um estado de felicidade,temos que nos alimentar com silêncio,pensamentos positivos e com as qualidades que temos internamente.Tenho que ser consciente disso diariamente,tantas vezes quanto possa,e desse modo construir minha força interior.

(Por Brahma Kumaris)

Namastê/Namaskar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços