sábado, 28 de junho de 2014

Somos possuidores de pessoas?


“Quando pensamos em nós mesmos como possuidores de pessoas,o desejo de controlá-los e os consequentes sentimentos de traição podem ser especialmente fortes.

Nós tendemos a vigia-los cuidadosamente o tempo todo para ver o que eles estão fazendo ou podem estar fazendo.

Esta vigilância nascida da ansiedade cria muita tensão.

Se pensarmos que possuímos alguém,se “temos” eles,nós botamos um “nós” e “eles”.

Isso por si só é uma fonte de separação.

Nós realmente criamos um abismo entre o possuidor e o possuído.

Quanto mais sentimos separação entre nós e eles,mais vamos tentar controlá-los.

Tornamo-nos mais preocupados com a nossa capacidade de segurarmos eles do que com apreciar o nosso contato com eles. “
Sharon Salzberg


Fraternalmente,
Fernanda Tomaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços