sábado, 13 de julho de 2013

Aprender a dizer não


Convém não subestimarmos as dificuldades que encontraremos ao decidirmos mudar nossa forma de agir: aprender a dizer "não" pode ser doloroso.

Quem entende como é difícil mudar prefere caminhar bem devagar,subir um degrau por vez e,no início, enfrentar os obstáculos mais fáceis.

Convém começar a dizer "não" aos menos íntimos e,ainda assim,de uma forma evasiva: 

"não prometo nada,mas vou ver o que posso fazer..."

Um outro passo no caminho de aprender a dizer "não" seria falar de uma forma doce e bem delicada: 

"acho que dessa vez não vai ser possível"

Ao percebermos que as consequências do nosso "não" são menos dramáticas (que o que pede não se magoa tanto),conseguiremos ser mais diretos.

Ao nos sentirmos mais firmes e com mais competência para defender nossos legítimos direitos,poderemos ser até duros com os mais abusados!

(Flávio Gikovate)

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços