quinta-feira, 11 de julho de 2013

Fitoterapia Chinesa

 
A Fitoterapia,literalmente Terapia através das plantas,é conhecida na China há quase 3000 anos,época em que os livros eram escritos em pergaminhos,casco de tartaruga e seda.

Na época da última dinastia Han (25-220 dC),quando os clássicos foram compilados,surgiu a Matéria Medica Clássica do Esposo Divino e Discussões de Desordens Induzidas pelo Frio (Shang Han Lun) de Zhang Zhong Jing,os quais são as fontes de todas as prescrições utilizadas até hoje.

O povo acreditava na sua habilidade de observar e entender a natureza,a saúde e a doença eram objetos dos princípios da ordem natural.
O universo é composto de várias forças:a complementaridade oposta do Yin e Yang e os Cinco Elementos. O microcosmo humano é a miniatura destas forças.

No Shang Han Lun o autor separa as agressões externas (vento,frio,calor,umidade,secura) dos fatores internos (alegria,medo,raiva,melãncolia,preocupação) como causas das doenças.
Ele distingue as energias que causam perturbações das infecções por penetração de um agente nocivo.
O respeito à milenar tradição da Fitoterapia Chinesa fez com que as fórmulas utilizadas hoje fossem as mesmas da Dinastia Han.
Estas Fórmulas Magistrais encontradas nos livros em diversos idiomas são utilizadas e estudadas em quase todos os países.
No Japão,desde 1950 o Ministério da Saúde Japonês reconhece 148 destas fórmulas como de utilidade pública.

Na Fitoterapia Chinesa,não se pensa em cura mas sim em equilibrio,pois o organismo busca a auto-cura.
Para isto precisamos desestagnar algumas energias paradas,como no caso da TPM-que para medicina chinesa é estagnação do sangue e a pessoa necessita de ervas,que aqueçam e melhorem a circulação do sangue,principalmente naquela parte do corpo.
O mais importante é suprir o que o corpo necessita naquele momento:
Seja um Tônico para aumentar a energia de um organismo com falta de CHI (energia),ou uma fórmula para sedar e ajudar a dormir melhor,restaurando esta energia,ou ainda um Tônico de Sangue,por que a pessoa não esta se alimentando direito.
Tudo isto pode ser visto,num diagnóstico chinez,de pulso e de lingua ou no diagnóstico japonês do Hara.
Se você fornece o que o organismo esta precisando,a pessoa fica em seu melhor estado,com a mente clara, alegre e com energia.
Fora deste estado está o desequilibrio,pois saúde é Bem Estar.
Devemos conservar o que se tem de mais precioso:O corpo,a Energial Vital dentro do corpo,o Sangue (principalmente as mulheres,pois possuem Deficiência de Sangue,por causa de partos e menstruações,etc) e a mente tranquila.
Por isso a maioria das ervas são de carater preventivo.
A idéia é não deixar o corpo adoecer.

A Fitoterapia Chinesa é como a alquimia,para se fazer uma fórmula é preciso conhecer as capacidades energéticas,curativas e sinérgicas das ervas,ou seja,a interação de uma planta com as outras.

Na formulação Chinesa existe uma erva Imperador,que vai determinar a ação da fórmula,as ervas Ministros, que ajudam a potencializar a ação do Imperador,as ervas Assistentes que são necessárias para o bem estar da pessoa e cuidam do estômago para que este receba bem a fórmula,e por fim as ervas Mensageiras que levam as ervas para o local necessário.
Trabalhar com as Fórmulas Magistrais,que pertecem na sua maioria a Dinastia Han,seja o modo mais eficientes de se usar a Fitoterapia Chinesa.

Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços