quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

"Aos Que Engolem Sapos"

Todos nós conhecemos e quem sabe você mesmo seja assim,uma pessoa que teme defender suas opiniões e marcar posições, por temer as consequências destes atos.
Estas pessoas são as famosas que “engolem sapos”. 

Muitos inclusive concordam com o outro mesmo sendo totalmente contrário pelo simples fato de não querer polemizar.
Estas pessoas têm uma orientação de comportamento passiva e que por vezes traz problemas para si mesmo,pois após cada “sapo engolido” lá vem a sensação de frustração,impotência,acarretando inclusive alteração negativa na autoestima.
Estes sentimentos podem provocar doenças por conta da somatização desses. 

Geralmente estas pessoas são alérgicas,tem problemas no intestino ou estômago,asma. 
Quantas vezes após uma reunião ou um debate a pessoa sai com dor de cabeça,dor no estômago,e não percebe que são consequências de não ter tido o posicionamento correto,não ter expressado as suas reais opiniões.
O pior,que esta forma de ser,leva a um acúmulo de raiva,que produz uma agressividade que em algum momento irá ser extravasada. 

Por vezes aquele sujeito passivo no trabalho é extremamente agressivo em casa.
Mas afinal, como deixar de engolir sapos?
Primeiro,conheça-se. 

O autoconhecimento parece um lugar comum,mas é necessária sua observação. 
E se auto conhecendo você perceberá todas suas possibilidades. 
Deixará de sentir culpa,pois você não é culpado,e sim,responsável por tudo que ocorre em sua vida.
E um grande detalhe,contra o desaforo,não cabe outro desaforo,mas sim,a expressão da sua opinião sobre o desaforo da outra pessoa.
Deixe claro que foi ofendido,não foi respeitado,não foi entendido e será neste momento que perceberás o resgate do respeito dos outros por você.
Se já engolistes muito sapo,aceite isto e passe a não engolir mais.
Tudo uma questão de começar...após o primeiro passo dado,verás que não tem retorno e sapos engolidos nunca mais.
(Por Fernando Martins)


Fraternos Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços