sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Introversão


Ao longo do dia sentimos vontade de fazer breves intervalos para tomar ar fresco ou beber um copo d`água. O corpo precisa dessas pausas, caso contrário ele não será capaz de trabalhar com eficiência. O mesmo se aplica à mente. Precisamos encontrar um mecanismo no qual seja possível voltar-se para dentro e descobrir o ponto de silêncio, o ponto de calma, o ponto central. Mantenhamos o nível da nossa energia mais e mais alto, distante e protegido do ponto de exaustão.”

Brahma Kumaris
Namastê

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços