terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A conta bancária da vida


Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã você acorda com um saldo de R$ 86.400,00.
Só que não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte..
Todas as noites o seu saldo é zerado,mesmo que você não tenha conseguido gastá-lo durante o dia.
O que você faria ?
Gastaria cada centavo,é claro!

Todos nos somos clientes deste “banco” que estamos falando.
Ele se chama TEMPO.
Todas as manhãs,é creditado a você 86.400 segundos.
Todas as noites o saldo é debitado como perda - tudo o que você falhou em investir em bons propósitos.  Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte.
Todas as manhãs a sua conta é reiniciada,e todas as noites as sobras do dia se evaporam.

Não há volta.
Se você falha em usar o depósito do dia,a perda é sua.
Você deve viver no presente o seu depósito diário.
Invista,então,no que for melhor,na sua saúde,felicidade,sucesso!
O relógio está correndo.
Faça o máximo de hoje!

Para você perceber o valor de UM ANO…. pergunte a um estudante que repetiu de ano.
Para você perceber o valor de UM MÊS….. pergunte a uma mãe que teve seu bebê prematuro.
Para perceber o valor de UMA SEMANA…… pergunte ao editor de um jornal semanal.
Para perceber o valor de UMA HORA…… pergunte aos apaixonados que estão esperando para se encontrarem.

Para você perceber o valor de UM MINUTO….. pergunte a uma pessoa que perdeu o trem.
Para perceber o valor de UM SEGUNDO…. pergunte a uma pessoa que acabou de evitar um acidente. Para perceber o valor de UM MILÉSIMO DE SEGUNDO….. pergunte a uma pessoa que ganhou uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos.

Valorize cada momento que você tem!
E valorize-o mais porque você o divide com alguém especial, especial o bastante para você gastar o seu tempo.
E lembre-se que o tempo não espera por ninguém. 
Ontem é historia.
Amanhã é um mistério.
Hoje é uma dádiva de Deus.
Por isso é que ele é chamado ….  PRESENTE!
(desconheço o autor)

Namastê

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pelo contato.
Responderei brevemente.
Fraternos Abraços